O Mistério do Soltar

O soltar é interno, é um desapego interno, filosófico, existencial. É uma visão de mundo completamente antagônica ao apegar-se ao mundo.

O Mistério do Soltar

Baseado em 150 avaliações
  • 2260 Alunos matriculados
  • 01 Hora de duração
  • 1 Aulas
  • 1 Módulos
R$ 20,00 à vista
Comprar Agora Dê um passo adiante em sua carreira!

"Professor Hélio Couto, minha gratidão eterna pelos seus ensinamentos. Além de aprender, tenho compreendido o motivo das trancas em minha vida. Colocando em prática, então, fica melhor ainda! Deus abençoe! "
Angela Maria Bittencourt da Cruz
mais avaliações

O soltar é interno, é um desapego interno, filosófico, existencial. 

É uma visão de mundo completamente antagônica ao apegar-se ao mundo. 

É estar no mundo, mas não ser do mundo.

"O Mistério do Soltar" é mais um vídeo sobre "O Poder de Soltar" .

Para estudar o Soltar leia as postagens e veja os vídeos no site: www.opoderdesoltar.com.br

4 anos Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 4 anos após a matrícula.

À quem possa interessar.

Helio Couto
"Escritor e palestrante."

           

Desde criança que procurei a resposta para as três perguntas fundamentais:

 

De onde vim?

 

O que estou fazendo aqui?

 

Para onde vou?

 

Encontrar as respostas sempre foi a busca de uma vida inteira. Isso fez com que lesse tudo que encontrasse pela frente e passasse as horas livres na biblioteca da cidade. Com o passar do tempo fui diversificando as leituras para entender o que já tinham descoberto sobre isso.

 

Depois de muita pesquisa e experimentação cheguei à conclusão de que o conhecimento da Centelha Divina é a coisa mais importante que se pode descobrir. Porque esse conhecimento quando for generalizado resolve todos os problemas que existem neste planeta.

 

Enquanto isso não acontece no geral, cada um pode fazer a sua parte aceitando a Centelha Divina e caminhando firme no rumo da Iluminação Espiritual.

Conteúdo Programático

  • 1. O Mistério do Soltar
Voltar ao topo